(12) 3904-3999(12) 98261-0030
Antecipação de receita com a... ...significa:
tranquilidade para o seu condomínio!
Deixar a cobrança com a... ...é:
cuidar melhor do lugar onde se vive!
A equipe especializada em cobrança da... reduz
a indadimplência para todos viverem melhor!
Contar com os serviços da... ...é:
contar com experiência, parceria e transparência
o tempo todo!

Morador deve evitar acusações sem evidências contra síndico

Ao longo dos últimos anos, a administração de condomínios evoluiu muito e novas ferramentas tecnológicas trouxeram mais transparência na gestão e pleno acesso dos moradores a contas e contratos.

Morador deve evitar acusações sem evidências contra síndico

Em tempo real, qualquer condômino pode olhar balancetes, fluxo de caixa, saldos e atas. Ingenuamente, com tanto acesso às informações, imaginei que os conflitos estavam com os dias contados e que, finalmente, a paz reinaria nos condomínios. Estava errado.

De forma preocupante, acompanho um aumento galopante dos conflitos, sobretudo gerados pela desconfiança de alguns moradores acerca da lisura dos síndicos. Em alguns casos, a desconfiança se justifica, porque existem administradores picaretas, que se julgam donos do condomínio e se negam a prestar contas. Mas, em sua maioria, os síndicos atuam de forma quase heroica, doando seu tempo e assumindo responsabilidades.

Infelizmente, alguns moradores preferem, de forma cômoda e preguiçosa, insinuar que o sindico está roubando antes mesmo de analisar as contas, só pelo prazer de criticar. E, pior, contaminam outros moradores, fazem ilações, caluniam e difamam, por vezes se valendo do anonimato. Agem como verdadeiros inquisidores e logo encabeçam listas de abaixo-assinados para destituição do síndico, acirrando ânimos e polarizando o condomínio.

O ambiente político do país explica um pouco esse fenômeno e todos precisamos ter cuidado com comparações e generalizações.

Aos moradores que têm criticas à gestão, algo natural e saudável, a recomendação é buscar os esclarecimentos necessários junto a síndico, conselheiros e administradora, sempre documentando e formalizando suas duvidas. Levar as questões para a assembleia é um bom caminho e possibilitará a discussão em ambiente oficial.

Aos síndicos, recomendo paciência, clareza ao dar informações, sempre com apoio jurídico, e humildade para recuar, rever procedimentos e corrigir rumos, acatando críticas construtivas. Aos que são atacados por inquisidores de plantão, recomendo firmeza e pronta resposta, levando os esclarecimentos para uma assembleia geral e, a depender da gravidade da acusação, sugiro a adoção de todas as medidas legais e judiciais cabíveis.

Recentemente, acompanhei o projeto de um condomínio que criou uma ouvidoria, com dois moradores eleitos em assembleia, para ouvir criticas, ideias e sugestões dos condôminos, de forma impessoal, serena e construtiva. Uma bela ideia.

Fonte: Márcio Rachkorsky / Folha de São Paulo